terça-feira, 24 de abril de 2012

“Você não precisa ser incrível para começar, mas você precisa começar para ser incrível.“




 Pensando bem, é um grande verdade. Eu já ouvi muitas pessoas dizerem que não estudam inglês porque são ruins de inglês. Isso é um contra-senso! Você não precisa ser bom em inglês para começar a estudar. Mas depois que você começar a estudar e aprender, você vai começar a ficar bom, e daí para a frente vai ficar cada vez melhor. E isso não é só para o inglês. É para tudo que vamos aprender.
Uma das coisas que impede o aprendizado é nossa dificuldade em nos mostrarmos vulneráveis. Parece que mostrar aos outros que não sabemos algo é um sinal de fraqueza. Não é! Todos somos ruins no início e a com a prática vamos melhorando. Se não fosse assim, um bebê nunca começaria a andar, pois ele ia achar que andava mal. Mas o bebê aprende a andar, mesmo que no começo ande meio cambaleando, mesmo que leve muitos tombos, porque ele não pensa que está andando mal. Ele pensa que está cada vez andando melhor, e que é melhor andar do que engatinhar.
Quando estamos aprendendo inglês é normal falar errado, esquecer as palavras, dizer coisas sem sentido. Todo mundo passa por isso – até os nativos quando aprendem a própria língua. Por isso não tenha vergonha nem medo e não se sinta mal por não ser bom em inglês. Com o tempo você vai ficar bom. É só olhar para frente e se esforçar!

By  Carlos Gontow

5 comentários:

Fernanda Bandiera disse...

A great Student starts just like a simple student, you decide to be great or normal.

I love being your teacher, my great student :)

Sediane Beatriz Serena disse...

Ola, gostei do seu blog, e principalmente da receita do docinho de abóbora,também gosto muito, obrigado pelas imagens das orquídeas, vou usar para postar no meu blog, abraços, até mais....

Eliane Lauxen disse...

Adorei as diversidade de assuntos.....

Marla disse...

Nossa fiquei com vontade de comer o doce,seu blog ficou maravilhoso.
Abraço.

Marla disse...

Nossa, fiquei com vontade de comer o doce, adorei a criatividade.
Abraço.